Pois é…
Há já algum tempo, né?...
Quanto tempo? Alguns meses, acho eu. Muitos meses, para ser mais verdadeiro. Bastante tempo, de qualquer maneira.


Sabes… Eu sempre penso muito em ti. Lembro-me sempre dos bons momentos que juntos passámos. Dos segredos que eram nossos e só nossos… Da forma como nos entendíamos… Como fazíamos... Como nos completávamos… Despidos... Nús de qualquer preconceito.

Yeah!!! Formámos uma boa equipa. Passámos por alguns apuros, mas de uma maneira geral, foi bom.

Muito bom, diria.

MA-RA-VI-LHO-SO, para ser verdadeiro.

Sim, é verdade verdadinha que houve uma altura em que desgastaste-te, desgastei-me, o entrosamento desapareceu, deixou de haver tesão no que fazíamos, deixou de haver cumplicidade, ou seja, pusemos em risco todo património emocional por nós conseguido ao longo dos bons tempos e... deixámos de nos ter.

Não houve outra solução... Aquela decisão tinha que ter lugar…

...

Mas...

Achas que consigo ficar sem ti??? Nãããã… Tira o cavalinho da chuva! Aguenta aí os cavalos, ó minha, porque é já amanhã que te vou buscar. Podes crer! Já amanhã!

Como poderás tu pensar que eu posso ficar sem ti? Não vês que é impossível? Atão??? E os concertos que tenho estes dias pela frente? Quem vou eu levar? A eléctrica?? A velha??? A cota?!?

É JÁ AMANHÃ!!!

Passo pela oficina, regularizo a coisa e carrego-te de novo nos meus braços. Vou voltar a sentir-te. A sentir o teu corpo… Hummmmm. Esse corpinho feito à mão… mais mão de Deus que outra qualquer.

Podes crer, és tu a eleita. Afinal, sempre foste a minha preferida… Ou não te chamasse Macarena. A minha guitarra acústica!




SE O PREÇO DA GASOLINA CONTINUAR A SUBIR...

Fui fazer a minha visita semanal aos blogs que fazem parte da minha lista de preferidos e, ao passar pelo blog do meu amigão Djinho Barbosa, "Son di Santiago", encontrei este post que me deitou a baixo de tanto rir.
E, por achar que esta sátira merece ser divulgada e ainda, com a devida autorização, ponho aqui o link para que, de alguma forma, possa ser vista por mais gente.
Ao meu amigo Djinho, os meus parabéns pela idéia.
Excelente!!!

Petição: a minha assinatura foi a 1034

NÃO! à cedência dos Direitos de Propriedade Intelectual dos Artistas através de Contrato de Trabalho ou Instrumento de Regulamentação Colectiva

Dê-se ao respeito. Vá por aqui.

PAZ INTERIOR

Há uns dias li um livro sobre culturas orientais que dizia:
'O caminho para conseguir a paz interior reside em acabar as coisas que começamos'.
Depois e um longo período de reflexão pensei:
'Pode ser que seja verdade...'
Olhei em meu redor vi todas as coisas que tinha iniciado e continuavam inacabadas...
Assim, hoje pus mãos à obra e terminei:
- uma garrafa de Licor Beirão;
- uma de vinho tinto;
- uma de Chivas Regal;
- 3 chocolates
e uma caixa de preservativos.

Nem imaginam como me sinto melhor!

(AUTOR DESCONHECIDO)

A SEMANA ONLINE












"Uma pequena correcção:


Com o intuito de
melhor informar quem passa por este portal, venho aqui deixar a informação de que a Casa da Morna não é uma "sala de concertos" mas sim um restaurante-bar o que, automaticamente, altera o tipo de actividade que eu e outros colegas fazemos nesse sítio e que tem vindo ser noticiado por este jornal.
A "Morna", como chamamos entre nós, é um espaço pequeno, dividido em duas salas que, quando cheias, comportam 100 pessoas. Uma sala é o restaurante e a outra o bar.
Diariamente o Zé Afonso acompanha o jantar com música ao piano das 21h às 23h e às sextas e sábados o Rolando Semedo toma o leme do bar das 23h às 02 da madruagada.
O Dani Silva aparece às Quartas e Sextas durante o jantar e o Tito Paris, quando está em Lisboa, faz as Terças e Quintas (ambos acompanhados pelo Zé Afonso).
Como se pode imaginar, não se fazem "concertos ao vivo" na CdM, mas sim sessões de música ambiente durante o jantar e aos fins-de-semana, durante o jantar e após este, na sala do bar.
Comigo aconteceu ter substituído o Zé Afonso pelo facto de se ter ausentado durante essa semana. Ou seja, nada mudou, apenas a música não foi tocada ao piano, mas sim ao violão...

Lisboa, 10/10/07


ESTAMOS A FICAR VELHOS!!!

De acordo com os reguladores e burocratas de hoje, todos nós que nascemos nos anos 60, 70 e princípio de 80 não devíamos ter sobrevivido até hoje, porque as nossas caminhas de bebé eram pintadas com cores bonitas em tinta à base de chumbo que nós muitas vezes lambíamos e mordíamos.
Não tínhamos frascos de medicamento com tampas "à prova de crianças" ou fechos nos armários e podíamos brincar com as panelas.
Quando andávamos de bicicleta, não usávamos capacetes.
Quando éramos pequenos viajávamos em carros sem cintos e airbags - viajar à frente era um bónus.
Bebíamos água da mangueira do jardim e não da garrafa e sabia bem.
Comíamos batatas fritas, pão com manteiga e bebíamos gasosa com açúcar, mas nunca engordávamos porque estávamos sempre a brincar lá fora.
Partilhávamos garrafas e copos com os amigos e nunca morremos disso.
Passávamos horas a fazer carrinhos de rolamentos e depois andávamos a grande velocidade pelo monte abaixo, para só depois nos lembrarmos que esquecemos de montar uns travões. Depois de acabarmos num silvado, aprendíamos.
Saíamos de casa de manhã e brincávamos o dia todo, desde que estivéssemos em casa antes de escurecer.
Estávamos incontactáveis e ninguém se importava com isso.
Não tínhamos PlayStation, XBox.
Nada de 40 canais de televisão, jogos de vídeo, home cinema, telemóveis, computadores, DVD, Chat na Internet.
Tínhamos amigos e se os quiséssemos encontrar íamos à rua.
Jogávamos ao elástico e à barra e à bola, até doía!
Caíamos das arvores, cortávamo-nos e até partíamos ossos mas sempre sem processos em tribunal.
Havia lutas com punhos mas sem sermos processados.
Batíamos às portas de vizinhos e fugíamos e tínhamos mesmo medo de sermos apanhados.
Íamos a pé para casa dos amigos.
Acreditem ou não, íamos a pé para a escola; não esperávamos que a mamã ou o papá nos levassem.
Criávamos jogos com paus e bolas.
Se infringíssemos a lei era impensável os nossos pais nos safarem, eles estavam do lado da lei.
Esta geração produziu os melhores inventores e desenrascados de sempre.
Os últimos 50 anos têm sido uma explosão de inovação e ideias novas.
Tínhamos liberdade, fracasso, sucesso e responsabilidade e aprendemos a lidar com tudo.
És um deles?
Parabéns!
Tivemos a sorte de crescer como verdadeiras crianças, antes dos advogados e governos regularem as nossas vidas, "para nosso bem".
Para todos os outros que "não têm idade suficiente" pensei que gostassem de ler acerca de nós.
Isto, meus amigos é surpreendentemente medonho... e talvez ponha um sorriso nos vossos lábios: a maioria dos estudantes que estão nas universidadeshoje nasceram em 1986... chamam-se jovens.
Nunca ouviram "We are the world" e "Uptown girl", conhecem de Westlife e não Billy Joel.
Nunca ouviram falar de Rick Astley, Banarama ou Belinda Carlisle.
Para eles sempre houve uma Alemanha e um Vietname.
A SIDA sempre existiu.
Os CD's sempre existiram.
O Michael Jackson sempre foi branco.
Para eles o John Travolta sempre foi redondo e não conseguem imaginar que aquele gordo fosse um dia deus da dança.
Acreditam que Missão Impossível e Anjos de Charlie são filmes do ano passado.
Não conseguem imaginar a vida sem computadores.
Não acreditam que houve televisão a preto e branco.
Agora vamos ver se estamos a ficar velhos:
1. Entendes o que está escrito acima e sorris;
2. Precisas de dormir mais depois de uma noitada;
3. Os teus amigos estão casados ou a casar;
4. Surpreende-te ver crianças tão á vontade com computadores;
5. Abanas a cabeça ao ver adolescentes com telemóveis;
6. Lembras-te da Gabriela (a primeira vez);
7. Encontras amigos e falas dos 'bons velhos tempos';

SIM. ESTAMOS A FICAR VELHOS!!!

Extracto de um email recebido (revisto e corrigido)

DANTE MARIANO

Hoje, 5 de Outubro, é dia de Dante Mariano.
Sr. Dante para uns, Dante apenas para outros, Tio Preto para os sobrinhos e para mim Tio Preto e Padrinho.
O nosso querido tio que tantas saudades deixou e que, por isso mesmo, continua sempre presente nas nossas memórias.
Faria hoje 75 anos.
Paló.

HUMOR 2 - Stress

A cena passa-se numa estação de serviço.

Uma senhora, aparentando sessentas e muitos, com cabelos grisalhos, pára o seu Ford na bomba nº 3, abastece e dirige-se de seguida para o interior do edifício para pagar.
Chegando lá, encontra uma bicha comprida e ocupa a sua posição de espera.
Cá fora, o zum-zum natural de uma estação de serviço cheia de viaturas, acrescentado de umas buzinas mais nervosas.
Ao chegar a sua vez, a senhora pagou, saiu e dirigiu-se para o carro. Quando ia para entrar, foi abordada por um cavalheiro cuja viatura se encontrava atrás, à espera de vez para abastecer.
- A SENHORA NÃO FOI LÁ DENTRO SÓ PARA PAGAR, NÃO É? - Disse o cavalheiro com muitos maus modos.
Confusa com a abordagem pouco ortodoxa, a senhora respondeu calmamente:
- Então o senhor tem capacidades para saber o que se passa lá dentro?
- POIS, A SENHORA PAGOU, BEBEU UM CAFÉ E SE CALHAR AINDA PASSOU UMA VISTA DE OLHOS PELAS REVISTAS!!! - Continuou o cavalheiro, com o tom de voz cada vez mais alterado.
- Olhe, se o senhor tem essa capacidade de adivinhar, aproveite que hoje é Sexta-Feira e vá aqui ao lado jogar o Euromilhões. - Retorquiu a senhora, mantendo sempre a calma.
Um pouco abalado pela forma como o seu interlocutor encaixava a coisa, o cavalheiro, após breve momento de dúvida, colocou as mãos na cintura e disparou:
- A SENHORA TEM CERTEZA DE QUE SÓ FOI PAGAR?
- Não, - respondeu a sexsagenária, sempre com a mesma paz de espírito - Aproveitei e dancei um tango!!!
Posto isto, entrou para o Fiesta e arrancou, deixando o cavalheiro atónito e sem palavras.

HUMOR 1

A verdadeira mensagem do Al Qaeda endereçada ao Governo cabo-verdiano.
Assalam Aleikum Zéma
Eu, Osama Bin Laden, comandante supremo e vitalício do Al Qaeda, venho por esta via tranquilizar V.Ex.a de que nenhum filho de Maomé residente em CaboVerde, como por exemplo, os terroristas Al Psú, Al Cagá, Al Polel e Al Oiá Boi irão perpetrar qualquer atentado em Cabo Verde, já que este vosso país é muito complicado.
Um acto terrorista nestas ilhotas dificilmente traria algum proveito para a nossa Sagrada Causa, a saber:
1 - Nenhum atentado por nós teria resultados mais espectaculares no congestionamento do tráfego aéreo, do que aqueles conseguidos pela própria TACV.
2 - É difícil planear um atentado em Autocarros e Barcos. Primeiro porque nunca se consegue saber a que horas passam nem sequer os dias em que circulam, devido à desorganização interna das respectivas empresas; Segundo, porque é praticamente impossível danificar esses meios de transporte, mais do que o estado lastimável em que já se encontram.
3 - A reivindicação do atentado seria de uma inutilidade extrema. O Governo prontamente iria culpar a oposição, reforçando, contudo, que as forças armadas (melhor dizendo, desarmadas) de Cabo Verde obtiveram uma vitória sociológica sobre o Al-Qaeda.
4 - Alertamos também para a dificuldade de organizar uma acção como a dos Estados Unidos, ou a de Madrid. Primeiro, porque em Cabo Verde não existem arranha-céus; Segundo, não há comboios; Terceiro, mal um dos terroristas deixasse uma mochila no autocarro, logo um simpático larápio (malta de banhada) surrupiava imediatamente a referida mochila.
5 - Não será fácil mobilizar o povo contra a presença de tropas Cabo-verdianas no Iraque. Os cabo-verdianos, pelas informações que obtivemos, gostariam que a sua polícia, principalmente uma tal "Corpo de Intervenção" + "PJ", estivessem destacados no Iraque ou no raio que as parta... em qualquer lugar bem longe do país.
6 - A detonação por telemóvel é também bastante desaconselhável. Devido à péssima qualidade do serviço prestado pela CV Telecom e também devido ao facto do pessoal andar sempre sem saldo no telefone, existe o perigo real dos explosivos nunca virem a rebentar.
7 - Também gostaríamos de alertar para o perigo real da presença daqueles jornalistas "Btóde Aga" da RTC no local dos atentados, a perguntarem às pessoas o que sentem depois de terem ficado sem uma perna, com a cara desfeita ou partidos em dois. Ao pé desta gente, a Al Qaeda não passa de um bando de "Mandjack" a brincarem "randzóp", pelo que não estamos interessados em investir forte e feio em CaboVerde.
Vosso Binbin.
P.S. - Oh Zéma, já agora que jáme tchóbe mas trankil, bô kata podê mandáme uns criolinha pa maltas bem ptás na côrpe, porque diazá no ka oiá nada?
Qualquer cosa, já bo sabe!...bô ta tchmame pa nha móvel, ok?

PORTUGAL AIRSHOW 2007 - ÉVORA





A surpresa: O B25 Mitchell
(clique nas fotos para ver melhor).


















































Os "repetentes" Colibris da Força Aérea Espanhola














O FSManíaco Jú Cabral e o nosso amigo Mário João, piloto real, comandante de B757/767 que muita paciência teve connosco, para responder às nossas perguntas.
O nosso muito obrigado.
















O calor não era tanto assim...















Muitas horas em pé... e pouco tempo para descansar.






























Ai as minhas costas....
Dor n'andjarga!!!

CABO-VERDIANOS EVACUADOS

Ontem fui conhecer uma realidade bem triste de patrícios meus que por motivos de saúde foram evacuados para Lisboa e uma vez cá, por não terem familiares nem amigos, ficam alojados em pensões e um pouco "ao Deus dará".

Segundo me foi explicado, existe um acordo entre Cabo Verde e Portugal com vista a dar alojamento e alimentação a estes caboverdianos, enquanto são tratados nos hospitais desta cidade.
Uma senhora, de nome Teresa Noronha, tomou como suas as dores destes patrícios e, sem receber nada em troca, resolveu ajudar estes doentes. A vontade e carinho foram tantos que outras pessoas também se envolveram, vindo dar origem à GIRASSOL SOLIDÁRIO, Associação de Apoio a Doentes de Cabo Verde.
<
Sendo amigo da Teresa, soube que havia necessidade de donativos. Decidi então oferecer roupa. E ontem fui então, munido de dois sacos grandes, à Pensão 25 de Abril, na rua de São Paulo, nº 103.

Foram cerca de 45 minutos passados com os doentes em questão, mas ficou a promessa de voltar lá num fim-de-semana para oferecer o que de melhor sei fazer... Tocar violão.

SONS DA FALA - AVANTE 2007






<--- A descontração... --->








<--- ... no ponto de encontro antes do ensaio de som. --->













<--- O ensaio de som.
As minhas namoradas.--->










<--- O palco. --->










<--- O Carlos Salomé.
O Tomás Pimentel e o Daniel Salomé --->











<--- Os últimos pormenores. --->













<--- os preparativos. --->










<--- O público. --->




O Mundo ainda é exequível... SERÁ???


Isto é uma manhã de Agosto 2007? Às 07:00 da manhã??
Este Verão de 2007 pode-se chamar de Verão? Ou será melhor "Veratono"? Talvez "Primarão"...
Isto está mau... Muito mau mesmo!!!

OLHA EU EM 2003...

Actuação do cantor cabo-verdiano Tony Lima no Concerto de lançamento do CD "Evocação de Amílcar Cabral", Edição de A. Rui Machado.

Concerto realizado em Janeiro de 2003 no Salão Nobre da Assembleia Nacional de Cabo Verde.

Vá por aqui.

DJINHO BARBOSA - CONTRA TUDO E CONTRA TODOS


O meu amigo Djinho Barbosa, músico entre outras coisas, acabou de lançar um vídeo clip (à boa moda antiga) de um dos temas do cd Trás di Son.

Deixo aqui o link e uma observação:
Assino por baixo o comentário que ele deixou ficar no blog dele.

Abram essas pestanas, s.f.f. !!!

A EXPLORAÇÃO DO HOMEM PELO HOMEM



" Os EUA, que levaram a Internet comercial ao mundo, debatem-se agora com o circuito de alta velocidade na Internet. Segundo um relatório da Comissão das Comunicações americana, os trabalhadores americanos advertem para a necessidade de se aumentar nos EUA a velocidade de acesso e circulação na Internet.

Com algumas variações entre os seus Estados, a melhor média durante um dia nos EUA para um download é de 1.97 Megabits / segundo (15 segundos para se fazer um download de 10 megabits).

Essa média alarma os USA porquanto a sua velocidade não passa de uma mísera fracção quando se comparam a países do "the rest of the world ":

Japão 61 megabits / segundo
Coreia do Sul 46 megabits / segundo
França 17 megabits / Segundo
Canadá 07 megabits / Segundo

É bom termos presente que estamos a falar aqui de Megabits (1 Megabit = 1.000 Kilobits) .

Em Cabo Verde temos 5 a 10 Kilobits/segundo na rede do Estado durante as horas de serviço - que é quando mais precisamos mas também quando mais abarrotado está o tráfego - e os nossos "folgadíssimos" 250 kilobits/seg. (uma pomposa marca de 0,25 Megabits/segundo) nas horas mortas fora de expediente …"

Ver tarifários da CVTelecom aqui .

Para quem não sabe, as contas do Escudo Cabo-verdiano (ECV) para o Euro, basta acrescentar dois zeros ao Euro (isto num arredondamento por defeito).

Pois é... Não havendo concorrência na área... A exploração do Homem pelo Homem... em pleno séc. XXI...

Razões para NÃO voar "VUELING"


Companhia Low Cost e como tal:
Lugares apertados (quanto mais gente melhor);

Voo com poucos passageiros mas mesmo assim, as bagagens ficaram no aeroporto de origem;

Tendo em conta que essas bagagens eram os nossos instrumentos musicais e que íamos fazer dois concertos a Espanha:
A resolução do problema deixou muito a desejar, pois fomos a Espanha, fizémos os concertos com material alugado, regressamos a Lisboa e, devido ao delay da empresa, a bagagem andou 24 horas atrás de nós, o que quer dizer que ainda estão em Espanha;

Tendo em conta que a vida não pára, ficam comprometidos outros eventos;

Voos atrasados, pondo em risco quaisquer compromissos assumidos com base nos horários inicialmente apresentados.


FRASES BONITAS


"O segredo não é correr atrás das borboletas, é cuidar do jardim para que elas venham até você! " - Juvenal Cabral
" La culture n'est pas un luxe, c'est une nécessité "( Gao Xingjian, Prix Nobel de littérature 2000 )
"O segredo da felicidade não é fazer sempre o que se quer, mas querer sempre o que se faz."
- "Em terra de cego, quem tem olho nunca é visto." - JJ
- "Fevereiro tem 28 dias. É o mês em que as mulheres falam menos." - JJ
- "Mulher é bicho esquisito, todo o mês sangra. Um sexto sentido maior que a razão!" - Rita Lee
- Se um dia você sentir um vazio dentro de você, coma que é fome. - JJ
- Ai, Deus fez de mim um artista e não quer ser meu manager! - Hernani Almeida
- Não ficarás em apuros se conheceres as tuas fraquezas! - Erika Narane
- O Mundo ainda é exequível...! - Zé Afonso
- Creio no Deus que fez os homens e não no Deus que os homens fizeram. - JJ
- "A vida tem tempestades, ventos de Norte e ventos de Sul. A esperança de mar azul é para quem tem fé no seu amor." (T. Chantre) - Sofia Espada
- Si no van a morir mi muerte, porque tienen que vivir mi vida - Mikas Cabral
- "Erros meus, má fortuna, amor ardente" - Pedrobala

Frases recolhidas nos nicknames do meu msn.

RAMOQUI - Expressão Crioula.

RAMOQUI - Expressão Crioula.

Permanente pré-disposição instintiva de atirar à cara factos passados com o intuito de cobrar.

RAMOQUI E FETU PA MAL CONCHEDO!!!

QUEM DE NÓS DOIS


Quem de Nós Dois
Ana Carolina
Composição: Ana Carolina / Dudu Falcão / GianLuca Grignani / Massima
Luca


Eu e você
Não é assim tão complicado
Não é difícil perceber

Quem de nós dois
Vai dizer que é impossível
O amor acontecer

Se eu disser que já nem sinto nada
Que a estrada sem você é mais segura
Eu sei você vai rir da minha cara
Eu já conheço o teu sorriso, leio teu olhar
Teu sorriso é só disfarce
Que eu já nem preciso

Sinto dizer
Que amo mesmo,
Tá ruim pra disfarçar

Entre nós dois
Não cabe mais nenhum segredo
Além do que já combinamos

No vão das coisas que a gente disse
Não cabe mais sermos somente amigos
E quando eu falo que eu já nem quero
A frase fica pelo avesso
Meio na contra-mão
E quando finjo que esqueço
Eu não esqueci nada

E cada vez que eu fujo, eu me aproximo mais
E te perder de vista assim é ruim demais
E é por isso que atravesso o teu futuro
E faço das lembranças um lugar seguro

Não é que eu queira reviver nenhum passado
Nem revirar um sentimento revirado
Mas toda vez que eu procuro uma saída
Acabo entrando sem querer na tua vida

Eu procurei
Qualquer desculpa
Pra não te encarar

Para não dizer
De novo e sempre a mesma coisa
Falar só por falar

Que eu já não tô nem aí pra essa conversa
Que a história de nós dois não me interessa
Se eu tento esconder meias verdades
Você conhece o meu sorriso
Lê no meu olhar
Meu sorriso é só disfarce
Porque eu já nem preciso

BBB - PARABÉNS A VOCE


Ontem foi o 1º Aniversário do Bar Belo da Bica.
Um ano de vida de um projecto sonhado por um apaixonado por Cabo Verde, o Thomas, que quis comemorar em grande.

Thomas rapidamente tornou-se um amigo, pela paixão que tem pela a nossa terra e pela simplicidade e modéstia que transborda e que facilmente consegue transportar para as coisas que faz.

O cantinho dele, o Bar Belo da Bica, ontem esteve em grande. O B Leza foi pequeno para tanta alegria e tanta convivência. O desfile de artistas foi representativo daquilo que foi o menu musical desta pequena casa neste seu primeiro ano de vida.

Pelo palco passaram, entre outros, nomes como Carla Correia, Sabura CV (vindos de Aveiro exclusivamente para esta festa), Maria Alice, Rita Lobo, Calú Moreira, Aires Silva, enfim, uma lista enorme de musicos e artistas que alimentaram o concerto por mais de 3 horas.

Ao Thomas e respectivo staff, não podia deixar de desejar muitas felicidades e longos anos de vida.

E já agora um obrigado por me ter convidado a participar. Gostei imenso da convivência, diverti-me imenso. Estar mais uma vêz no palco do B Leza, para comemorar este feito, ontem, teve particular importância para mim.

Uma palavrinha ao grupo Sabura-CV: gostei mesmo de vos ouvir. Pelo simples facto de terem conseguido que eu dançasse, só posso ter gostado mesmo. E vou deixar aqui uma sugestão: continuem na vossa onda, com humildade e tentem apresentar mais originais.

Aquele Abraço.