quarta-feira, novembro 22, 2006

Renato:

Bô era sol qu'tava iluminam na dia-a-dia qu'tá passá pa mi
Bô era lua cheia qu'tava guiam na nhas not cum tá perdê suzin
Bô fui brilhe qu'iluminam camim dent d'nha escuridão
Bô fui força qu'apoiam na nhas desilusão
< Agora...
< Bô ê lembrança que f'cam pra sempre na nha coraçon.
<
Paló

2 comentários:

Anônimo disse...

Simplesmente LINDO.

Paló disse...

Thx (embora não saiba a quem)