MAS AFINAL QUE PORRA É ESTA?

Mas afinal que porra é esta?

Há poucos dias atrás dizia-me a minha amiga Celina Pereira "não vou deixar que façam pouco do único bem que tenho -  a minha inteligência". 

Pois então nem eu!

Que direito tem esta gente (ou acha que tem!) de querer passar atestados de burrice à minha pessoa?

Com que direito vêm Embaixadas e outras entidades da mesma farinha reclamar as minhas atitudes, atitudes essas consequência aliás, de tentativas de passagem de atestados de incompetência aqui ao Je?

Mas que direito têm as pessoas de brincar com o trabalho e respectivas remunerações de cada um? 

Se no início das negociações são todos "ah e tal, as coisas preto no branco é que é, só trabalhamos assim" para depois do trabalho feito aparecerem-me Srs. "Joēs" , Sras. "Filós" e outros que tais com afirmações de que está tudo pago e não se deve nada, quando existem provas do contrário? Não será isso tentarem enfiar-me os dedos nos olhos? O problema é que uso óculos meus "amigos", portanto...

Essa ideia de que estou de pernas abertas à espera que qualquer um venha usufruir, já era! Demodé! Com as Finanças e a Segurança Social deste país bem coladinhos ao meu traseiro, não só tenho-o virado contra a parede como estou de pernas bem fechadinhas, não vá o diabo tecê-las. 

Trabalho com a Cultura do meu País mas isso é, aos olhos de muitos, oportunidade para aplicar o golpe.  Não há escrúpulos nenhuns em empurrar para o fim das prioridades, o pagamento DEVIDO ao PROFISSIONAL contratado. Pois! Esse não tem filhos na universidade, não precisa comer ou dar de comer, não adoece nem tem despesas de manutenção com o seu equipamento.

Estou farto disto!

Nenhum comentário: